Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono e Doenças Cardiovasculares (Revista Neurociências)

A Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) é caracterizada por obstrução parcial ou completa da via aérea superior, de forma intermitente e recorrente durante o sono. As principais manifestações durante o sono incluem roncos, pausas respiratórias, fragmentação do sono, levando a prejuízos diurnos incapacitantes, como sonolência excessiva diurna, alterações cognitivas e cefaléia matinal. Além das manifestações respiratórias clássicas, resulta em alterações
metabólicas e hemodinâmicas que predispõem ao desenvolvimento e agravamento de doenças cardiovasculares, tais como hipertensão arterial sistêmica, insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial coronariana e arritmias. (Revista Neurociências)

Visualizar Arquivo    Download